Cartas Políticas

Cartas Políticas

Carta Política #308

“Geralmente, benefícios distribuídos diretamente no bolso de eleitores tendem a reduzir o ressentimento destes com o governo. A mera expectativa de que haverá benefícios sociais já começou a gerar efeito sobre as intenções de voto”. (Felipe Nunes, professor de ciências políticas da UFMG)                      Apesar da falta de movimentação nas intenções

Cartas Políticas

Carta Política #307

“A pré-campanha é muito pessoal. As ações do Lula ou do Bolsonaro não contribuíram para que nenhum dos dois melhorasse. Oscilação não é melhorar. O que continua dando vantagem ao Lula, que segue favorito”. (Gilberto Kassab, presidente do PSD)                       Agregando as pesquisas e lhes atribuindo pesos diferentes de acordo

Cartas Políticas

Carta Política #306

“É um episódio extremamente raro de um presidente convocar o corpo diplomático acreditado junto a seu governo para tentar desconstruir a democracia e a Justiça Eleitoral de seu país”. (Marcos Azambuja, ex-secretário-geral do Itamaraty)                  O presidente convocou os embaixadores, nesta semana, para expressar a sua desconfiança com o sistema eleitoral brasileiro. Foi,

Cartas Políticas

Carta Política #305

“A polarização parece bem consolidada se avaliamos os índices de decisão de voto, que chegam a 78% entre eleitores de Lula e a 76% entre eleitores de Bolsonaro”. (Felipe Nunes, Diretor da Quaest)               As semanas tem trazido boas notícias para o presidente, com algumas das últimas pesquisas apontando um estreitamento das diferenças de

Cartas Políticas

Carta Política #304

“Nós estamos fissurando o arcabouço eleitoral que busca garantir equilíbrio no processo democrático eleitoral. Nós estamos avacalhando o processo legislativo”. (Marcelo Ramos, deputado do PSD pelo Amazonas)                  A polêmica PEC dos Benefícios – que conta com diversos apelidos, a depender dos interesses políticos de quem a invoca – está às vésperas de

Cartas Políticas

Carta Política #303

“A PEC antecipa o fim do teto de gastos de maneira desorganizada, amplia a percepção de risco e juro de equilíbrio do país. O resultado é um equilíbrio macro de pior qualidade e a banalização de emendas à Constituição Federal vai produzir um problema de ‘enforcement’ notável a partir de 2023”. (Gabriel Leal de Barros, Economista)        

Cartas Políticas

Carta Política #302

“A inflação e aumento de preços atinge o mundo todo, mas isso a gente supera. Como a imprensa está anunciando, o Auxílio Brasil vai passar de R$400 para R$600. É o governo entendendo o sofrimento dos mais humildes”. (Jair Bolsonaro)               O imbróglio quanto ao preço dos combustíveis segue tumultuando Brasília. Após a defenestração de mais um presidente da

Cartas Políticas

Carta Política #301

  “Nós vamos apertar essa semana o governo para que ele decida por fazer ou não o subsídio para o combustível. É importante, todo mundo está fazendo. Todas as petrolíferas, públicas ou privadas, estão fazendo. Os governos dos países mais avançados estão dando subsídios para a alta dos combustíveis, que é um problema mundial”. (Arthur Lira)               A pressão

Cartas Políticas

Carta Política #300

“Não é Estado mínimo ou Estado máximo, é o Estado necessário para servir as pessoas. É tratar bem os investidores, é entender que o mercado e a iniciativa privada são parceiros no desenvolvimento do Brasil e tudo aquilo que não é essencial tem que ser colocado para a iniciativa privada”. (Simone Tebet)               A semana foi marcada pela desistência

Cartas Políticas

Carta Política #299

“Fato é que, de maneira geral, os consumidores brasileiros têm arcado com custos de energia elétrica cada vez mais crescentes e que, no caso dos consumidores residenciais, muitas vezes excedem sobremaneira sua capacidade de pagamento”. (Deputado Domingos Neto, do PSD do Ceará)               Em muitos estados, os reajustes no preço da conta de luz concedidos pela Agência Nacional de