eos.admin

Cartas Políticas

Carta Política #131

“Porque Deus nos disse que não são os deputados que vão mudar essa nação, não é o governo que vai mudar esta nação, não é a política que vai mudar esta nação, que é a igreja evangélica, quando clama. É a igreja evangélica, quando se levanta (que muda a nação)”. – Dalmares Alves, futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos

Cartas Políticas

Carta Política #130

“Privatização, ela tem que ser responsável. Não é jogar pra cima e ficar livre. Eu tenho conversado com a equipe econômica. Algumas privatizações ocorrerão, outras estratégicas não. Banco do Brasil e Caixa Econômica não tá no nosso radar não.” (Jair Bolsonaro) Bolsonaro já fechou quase todas as posições de seu gabinete mais próximo, faltando poucos cargos a distribuir no primeiro

Cartas Políticas

Carta Política #129

“Até o último dia em que eu for presidente, ninguém vai interferir nesse Poder, a não ser por entendimento, por conversa e harmonia.” (Eunício Oliveira, Presidente do Senado) As primeiras semanas do pós-eleitoral trouxeram alguma confusão. O presidente eleito parece finalmente se dar conta de que partes de seu discurso entram em conflito aberto com a realidade, o que o força

Cartas Políticas

Carta Política #128

“Não poderíamos mais continuar flertando com o Socialismo, com o Comunismo e com o Populismo e com o extremismo da esquerda. As urnas se abriram e nós fomos declarados vencedores deste pleito e o que eu mais quero é […] começar a fazer um governo a partir do ano que vem que possa realmente colocar o Brasil em um lugar

Cartas Políticas

Carta Política #127

“Nós não somos ameaça à democracia, é exatamente o contrário, nós somos a garantia da democracia. E outra, o que meu filho falou foi há quatro meses atrás, existia um outro clima no Brasil” (Jair Bolsonaro, em entrevista à rádio Guaíba) Na última semana antes do segundo turno, a pesquisa Datafolha do dia 25 indica queda da vantagem de Bolsonaro

Cartas Políticas

Carta Política #126

Os americanos (de esquerda) reclamam da interferência dos russos na eleição de 2016. Os brasileiros (de esquerda) reclamam da interferência do WhatsApp na eleição de 2018. O WhatsApp virou o Putin da nossa esquerda. (Marcos Troyjo) Faltam duas semanas para o segundo turno, mas o clima é de que Jair Bolsonaro já é presidente eleito. Com ampla vantagem de +/– 20

Cartas Políticas

Carta Política #125

“Ele não tem trato com tolerância. Óbvio, vai testar as nossas instituições. Mas as nossas instituições têm se provado muito pouco capazes de lidar com esse perfil.” Fernando Limongi, cientista política, sobre Bolsonaro Encerrado o primeiro turno das eleições, tivemos algumas surpresas. Bolsonaro mostrou-se ainda mais forte do que indicavam as pesquisas, com 46% dos votos válidos, mas não conseguiu vencer

Cartas Políticas

Carta Política #124

“Sei que pode parecer estranha para você essa história de trabalhar…” (Meirelles para Boulos, no último debate dos presidenciáveis) Na reta final para o primeiro turno, impressiona a aceleração das intenções de voto em Jair Bolsonaro. Na semana, ganhou 8 pontos na XP/Ipespe (36%), 3 pontos no Datafolha (35%), e 1 ponto no Ibope (32%). Considerando os votos válidos, que circulam